NOVOS MUNDOS

Já alguma vez te sentiste insatisfeit@ com a forma como vives? Com o modo como o mundo está organizado? Com as previsões que surgem nas várias redes sociais? Já tiveste vontade de embarcar, apanhar um avião ou uma máquina do tempo que te levasse para bem longe de todas as confusões?

A triste realidade é que, quando viajamos, acabamos por ter de voltar, de retornar para o lugar de onde partimos… E, após algum tempo, apesar da motivação e energia iniciais, tudo volta ao mesmo. Não é isso que queremos…! Se é verdade que a História é cíclica, não precisamos de a tornar a repetir! Queremos sair desta espiral em que nos encontramos, desta futurologia que tantas vezes é mais apocalíptica do que sinal de esperança! A época em que vivemos é a oportunidade por excelência para fazer surgir um Mundo Novo.

Agora: espreguiça-te! Aí mesmo onde estás. Nem precisas de te levantar! Estica-te somente. Mexe-te um pouco. Roda a cabeça. Roda os teus pulsos num sentido, depois noutro. Liberta-te da posição em que estás – só um pouco – para que não te definas por ela.

Boa! Fizeste mais do que pensas. Talvez existisse até algum desconforto do qual nem te tivesses apercebido. Vê como, ao te esticares agora mesmo, nem precisaste de te levantar. Não fizeste algo sobre-humano. Moveste-te apenas! Só isso! Porque foi só um pequeno gesto, pareceu possível. Fácil, até! E, a partir do pequeno, far-se-á o inimaginável!

É o mesmo com a criação de um novo mundo. Faz apenas um gesto. Torna-o pequeno. Torna-o tão fácil, que pareça totalmente possível. Não é uma maratona. É só um passo. Não é uma floresta. É só uma flor. Não é um livro. É só uma página. Liberta-te das amarras!!!

Já te deves ter apercebido do que irá acontecer nesta edição do TEDxFunchal – e não penses que teremos como objetivo tentar convencer-te de algo! Procuraremos, sim, despertar-te, fascinar-te para outras formas de viver, de estar, de proclamar aos quatro ventos que vale a pena pensar e organizar de forma diferente!

Aqui, (re)descobriremos a dignidade de cada lugar, de cada ser humano, de qualquer idade, condição e estado de vida. E procuraremos a integração harmoniosa com o interior de cada um, com os outros com quem vivemos (perto e longe) e com o planeta onde estamos. 

E estas pequenas ideias em flor, quando partilhadas e multiplicadas, serão o início de uma nova floresta! Estás preparad@ para Novos Mundos?